quinta-feira, 26 de novembro de 2009

A ultima subida á 2ª Divisão


A ultima subida do Esperança de Lagos á 2ª Divisão aconteceu na temporada de 89/90 e não foi uma subida fácil nem tão pouco sem uma pontinha de sorte que a nossa equipa regressou ao 2º escalão, depois da despromoção em 88/89.Na realidade a promoção só foi conseguida graças á remodelação que a Federação Portuguesa de Futebol procedeu na 2ª Divisão,com a criação,na época seguinte,90/91,da Divisão de Honra,essa sim a "segunda Divisão Nacional".
Assim os 5 primeiros classificados de cada série da 3ª Divisão subiriam á,agora denominada,2ª Divisão B,que na práctica seria a 3ª Divisão.


Embora declarando desde o início da época que o objectivo era o retorno ao segundo escalão nacional,o trajecto da equipa foi complicado e atribulado.Com a demissão da Direcção do clube em Janeiro,trocas de treinadores e resultados menos positivos,o percurso foi tudo menos regular.O treinador contratado no início da temporada,Carmo Pais,embora um técnico competente,não conseguiu estabilizar a equipa nos lugares de subida e,após alguns resultados negativos,sairia ,ficando Edmundo,interinamente,no comando da equipa lacobrigense.



Afonso Henriques entraria ainda na 1ª volta do campeonato e,apostando practicamente no mesmo 11 do seu antecessor,conseguiu chegar á ultima jornada na luta com outra equipa algarvia,o Almancilense,pelo tal 5º posto,o ultimo que dava acesso á promoção.E foi nesse ultimo jogo,vitória no campo do União de Santiago do Cacém por 3-1,que o Esperança festejaria a subida,a ultima até á data, á 2ª Divisão B.





Recortes retirados do "Jornal do Algarve" e "O Algarve"



O "heróis" da subida-Em cima:Hélder Lúcio,Torres,José Francisco,
José Júlio,Cardoso.No meio:Edmundo,Zézinho,Matias,Gamboa,
Hélder Monteiro,Juca,Pedro Dias,Nanino,Vitor,Cartaxo,Sota
(trein.adjunto),Afonso(trein.).Em baixo: Fernando Martins,Luis
Bacalhau,Carlinhos,Pedroso,Carlos Freitas,Filipe,Zequinha,
Sardinheiro.






------------------------------------------------

1 comentário:

Vila do Bispo disse...

O Hélder Françês era o maior desta equipa.Grande maluco!